últimas

Elon Musk se encontra com o presidente Jair Bolsonaro

O bilionário Elon Musk e o presidente Jair Bolsonaro (PL) se encontraram na manhã desta sexta-feira (20) durante um evento no interior de SP. Os dois participaram de um encontro com cerca de 100 convidados em um hotel de luxo em Porto Feliz (SP).

A visita do homem mais rico do mundo ao Brasil faz parte do lançamento de um projeto envolvendo a Starlink, rede de satélites da empresa Space X, da qual ele é dono, que promete internet de alta velocidade e acesso em locais remotos. Em uma postagem no Twitter, Musk disse que o projeto vai conectar 19 mil escolas nas zonas rurais e monitorar a Amazônia, porém, não explicou como fará isso.


“Starlink tem uma política bem rigorosa de proteção dos dados, temos um nível de encriptação no nível do terminal e no nível do satélite. Mesmo que quiséssemos, não tem como saber quais dados você está mandando. Se é impossível para nós, também é impossível para os outros. Sobre proteger a Amazônia, temos que usar os dados, porque a Amazônia é gigantesca. Se você tentar fazer um monte de fotos e vídeos para entender o que está acontecendo, a quantidade de dados a serem transmitidos será enorme. Então, precisamos dessa conectividade para monitorar a Amazônia efetivamente”, diz.

Elon Musk foi condecorado durante o evento com uma medalha de honra. O Ministro-Chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, postou uma foto com o empresário usando a medalha.

Foto: Ciro Nogueira/Twitter/Reprodução

Durante o encontro, Bolsonaro, que é investigado no inquérito das fake news, disse que o anúncio de Musk sobre a compra do Twitter é um “sopro de esperança”.

“O exemplo que nos deu, poucos dias, quando se anunciou a compra do Twitter, para nós aqui é como um sopro de esperança. O mundo todo passa por pessoas que têm vontade de roubar essa liberdade de nós, a liberdade é a semente para o futuro”, afirmou Bolsonaro, em discurso ao lado de Musk, após chamá-lo de “mito da liberdade”.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O nome de Bolsonaro foi incluído entre os alvos pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes ao levar em conta ataques, sem provas, feitos pelo presidente às urnas eletrônicas e ao sistema eleitoral.

Encontro em SP

O encontro entre Musk e Bolsonaro ocorreu no em um resort de luxo em Porto Feliz, o Fasano Boa Vista. O bilionário sul-africano chegou ao Brasil em seu avião particular, modelo GVI (G650ER), da empresa Gulfstream Aerospace Corp, por volta das 9h. Ele pousou em um aeroporto privado de São Roque, a cerca de 50 km do hotel.

Foto: Reprodução

Já o presidente saiu de Brasília, onde teve agenda pela manhã. O avião presidencial pousou no mesmo aeroporto cerca de 40 minutos depois, e seguiu para Porto Feliz em um comboio pela Rodovia Castello Branco. Na chegada do hotel, ele parou para cumprimentar os policiais militares que fazem a escolta do evento.

Foto: Rodrigo Santos Lima

Entre os convidados estavam os ministros Fábio Faria, Ciro Nogueira, Luiz Eduardo Ramos e o ministro do STF Dias Toffoli. Também participaram empresários e alunos do ITA.

Foto: Gabriela Almeida

O vice-presidente Hamilton Mourão não foi chamado para o encontro. “Caso ele [Bolsonaro] julgasse necessária a minha presença, ele teria me chamado”, disse Mourão nesta manhã em Brasília.

Elon Musk, o homem mais rico do mundo, com um patrimônio avaliado em US$ 273 bilhões (R$ 1,3 trilhão), segundo ranking da Bloomberg, é dono da Space X, que recebeu aval da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para explorar a internet na Amazônia.

Em janeiro, a Anatel concedeu o direito de exploração no Brasil de satélite estrangeiro não-geoestacionário de baixa órbita para a Starlink, sistema de satélites da empresa. Com isso, a empresa de transporte espacial de Musk vai poder oferecer seu serviço de satélite em todo o território brasileiro, com direito de exploração até 2027.

A autorização da Anatel foi concedida após reunião do ministro Fábio Faria com Musk nos Estados Unidos, em novembro do ano passado.

Em fevereiro deste ano, o governo do Amazonas também informou manter contato com a SpaceX para a instalação de tecnologia da empresa do bilionário no estado. Musk já havia manifestado interesse em iniciar operações da Starlink na região.

Em abril, ele anunciou acordo de compra do Twitter por cerca de US$ 44 bilhões, aproximadamente R$ 215 bilhões (veja abaixo). Musk também é dono da Tesla, fabricante de carros elétricos.

Durante o encontro em Porto Feliz, ele disse que espera que a empresa tenha carros autônomos no ano que vem. A previsão, no entanto, não é uma novidade.

O presidente-executivo da montadora de carros elétricos já usou esse “prazo” para o desenvolvimento da tecnologia em anos anteriores. Atualmente, os carros da marca contam com um piloto automático capaz de manter o veículo em uma faixa, acelerar e frear de forma automática, mas o recurso precisa da supervisão do motorista.

A denúncia foi publicada pelo site “Business Insider” nesta quinta-feira (19), em que informava que uma comissária de bordo da empresa de transporte espacial e aéreo SpaceX acusa o empresário, que teria oferecido US$ 250 mil pelo silêncio dela. Pelo Twitter, Musk disse que as alegações são “totalmente falsas”.

Nenhum comentário