últimas

Quais raças de cachorros se comportam bem sozinhas em casa?

Decidir ter um cachorro é o início de uma grande aventura, mas deve ser planejada com cuidado. Fazer algumas lições de casa com antecedência ajudará a garantir um relacionamento feliz entre você e seu novo ente querido e pode suavizar os solavancos no caminho que invariavelmente vêm com o fortalecimento do vínculo humano-cão.



Embora nunca seja uma boa ideia deixar um cachorro sozinho por longos períodos de tempo, o fato de a maioria de nós ter empregos significa que devemos encontrar uma maneira de fazer isso funcionar ou desistir de ter um cachorro.


Deixar seu animalzinho sozinho em casa pode causar alguns problemas, porque muitos cães sofrem de ansiedade de separação. Eles podem agir mal quando deixados sozinhos, sujando a casa, mastigando coisas, cavando e latindo. Uma maneira de evitar esses problemas é escolher uma raça que tenha menos probabilidade de sofrer com isso.

Saiba quais as raças que se comportam melhor sozinhas em casa:

1. Boston Terrier

Uma das poucas raças de terrier que não sofre de ansiedade de separação, o Boston Terrier é um cão inteligente e independente. Embora possam ser teimosos e às vezes hiperativos, são companheiros maravilhosos para pessoas mais velhas ou que moram em apartamentos.



2. Lhasa Apso

O Lhasa é um animal de estimação engraçado e envolvente para praticamente qualquer pessoa. Criados por séculos para serem cães de guarda reais, eles parecem não perceber o quão pequenos são e colocam sua “roupa de cachorro grande” toda vez que encontram outro cachorro. Eles são brincalhões e curiosos, mas são independentes o suficiente para não se importarem de serem deixados por conta própria.

3. Schnauzer miniatura

Este cachorro está entre as raças favoritas dos estadunidenses. Eles gostam do papel de cão de guarda, mas podem ficar barulhentos se levarem esse papel muito a sério. A inteligência trabalha a seu favor, pois eles aprendem rapidamente e são afetuosos também.

4. Bullmastiff

Esta raça grande precisa de muito menos exercícios do que se poderia imaginar e adora dormir, o que os torna ideais para famílias que vivem uma agenda agitada. Algumas caminhadas curtas por dia atenderão às necessidades de energia do Bullmastiff.



Os cães mais velhos são especialmente calmos e relaxados, mas os filhotes precisam de mais exercícios. Socializar esta raça maravilhosa e ensiná-la pelo menos os comandos básicos de obediência são necessários, já que um adulto pode chegar a 60 quilos.

Apesar de seu tamanho, ele é um excelente cão de apartamento. Dê-lhe muita atenção quando estiver em casa e certifique-se de deixar brinquedos para os filhotes mastigarem.

5. Chow Chow

Parecendo um ursinho de pelúcia gigante, o Chow Chow é dócil com sua própria família, mas não é a melhor raça para se ter com crianças pequenas. Suspeito a estranhos, é um cão de guarda ideal. Silenciosos e independentes, eles ficam bem sozinhos em casa.



6. Shar-pei chinês

Outro cão que se dá muito bem em apartamentos é o Shar-pei chinês devido ao seu comportamento quieto e um tanto reservado. Eles não aceitam estranhos prontamente, mas farão qualquer coisa por seus humanos.

Sua indiferença felina significa que são uma boa escolha para pessoas que precisam trabalhar ou estão ocupadas. No entanto, é importante gastar tempo treinando e socializando adequadamente o Shar-pei quando ele for jovem, ou ele se tornará teimoso e desrespeitoso e tentará governar o lar. Eles são excelentes cães de guarda e guardiões e gostam de ter um trabalho a cumprir.

7. Akita

Uma raça japonesa, o Akita foi desenvolvido originalmente como um cão de caça, mas encontrou seu lugar no mundo dos guardiões e cães de guarda. Como outras raças que são boas em guarda, o Akita é um tanto indiferente com estranhos, mas os aceitará se sua família estiver em casa.

O treinamento e a socialização precoces atenuarão os problemas que poderiam surgir por ser um cão destemido que se recusa a desistir de um desafio. Embora tolerante com sua ausência diária, o Akita anseia por sua atenção quando você está em casa.


8. Basenji

Esta raça única vem da África, onde foi desenvolvida como um cão de caça. Conhecidos como a raça “sem voz”, eles não são mudos. Acontece que suas vocalizações são limitadas. Como o Basenji é muito independente e inteligente, ele pode nem perceber quando você sai. No entanto, esteja preparado para ser recebido com alegria em seu retorno.

9. Peekapoo

Este cão surgiu de um cruzamento entre o pequinês e o poodle e herdou o melhor de ambas as raças. Carinhosos e inteligentes, eles gostam de estar com seu povo, mas realmente não se importam de ficar sozinhos, desde que tenham algo para diverti-los.

Nenhum comentário