últimas

Controvérsias nos requisitos para concessão do título de “Cidadão Amazonense”, entregue pela ALEAM, viram chacota nas redes, após ex-vereador cassado e derrotado de Presidente Figueiredo receber título

O título é entregue pela pela ALEAM para pessoas que em teoria, trouxeram grandes benefícios para a sociedade.


Autoridades nacionais, como o Presidente Jair Bolsonaro, e receberam o título, assim como Whinderson Nunes, que realizou a doação de oxigênio durante a pandemia, mas infelizmente, o título, tornou-se objeto de bajulação política.


O jornalista Durango Duarte, recentemente criticou o título: “Então, como o deputado não tem muito o que fazer, fica dando título – até pra mim já deram título, título de cidadão amazonense – aí é título disso, é medalha de ouro disso é não sei o que. Aí o que que acontece: o Deputado perdeu o papel dele. De propor, de discutir o orçamento.”


Vários casos de concessão da honraria, tem gerado discussão sobre a relevância do tema, que é concedido utilizando recursos públicos, uma vez que a ALEAM deixa de analisar casos importantes, para entregar tais honrarias.


Um dos casos sem explicação, que tem gerado burburinhos nos corredores da ALEAM, foi a concessão do título a um ex-vereador cassado e derrotado nas eleições em Presidente Figueiredo, Ricelli Pontes, que recebeu o título pelo simples fato do seu apadrinhamento político, sem ter de fato, contribuído com a sociedade amazonense.


Alguns cidadãos têm questionado a utilidade e real aplicação do título, uma vez, que a destinação tem sido apenas, agradar amigos  políticos.

Nenhum comentário