últimas

Sumida há quase seis anos, retroescavadeira pertencente à prefeitura de Iranduba é localizada dentro da mata, na AM-010

 

𝗔 𝗺á𝗾𝘂𝗶𝗻𝗮 𝗳𝗮𝘇 𝗽𝗮𝗿𝘁𝗲 𝗱𝗲 𝘂𝗺𝗮 𝗽𝗮𝘁𝗿𝘂𝗹𝗵𝗮 𝗿𝗲𝗽𝗮𝘀𝘀𝗮𝗱𝗮 𝗮𝗼 𝗺𝘂𝗻𝗶𝗰í𝗽𝗶𝗼 𝗽𝗲𝗹𝗼 𝗚𝗼𝘃𝗲𝗿𝗻𝗼 𝗙𝗲𝗱𝗲𝗿𝗮𝗹 




Depois de uma investigação que durou cerca de um mês, a Polícia Civil do Amazonas descobriu o paradeiro de uma retroescavadeira pertencente à Prefeitura de Iranduba, que estava em uma propriedade particular, no km 30 da Rodovia AM-010, município de Rio Preto da Eva. 


A máquina de terraplanagem, que, em valores atuais, custa cerca de R$ 350 mil, segundo um especialista no assunto, faz parte de uma patrulha repassada a Iranduba, em agostos de 2013, pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), durante a segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). 




Além da retroescavadeira que acaba de ser localizada e trazida de volta ao município, a patrulha era composta por duas caçambas trucadas, uma motoniveladora, um rolo compactador, um trator de esteiras-D6, que também sumiu, e uma escavadeira hidráulica.


Entregue em evento solene, na Praça dos Três Poderes, a patrulha de máquinas era destinada exclusivamente a atividades nos ramais de acesso e dentro dos “Assentamentos do INCRA” (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária).


𝗘𝗦𝗖𝗢𝗡𝗗𝗜𝗗𝗔 𝗡𝗢 𝗠𝗘𝗜𝗢 𝗗𝗔 𝗠𝗔𝗧𝗔/ 𝗠𝗨𝗗𝗔𝗥𝗔𝗠 𝗔 𝗠Á𝗤𝗨𝗜𝗡𝗔 𝗗𝗘 𝗟𝗢𝗖𝗔𝗟


Acompanhados de policiais civis e do empresário Diemes Arruda, que presta serviços com máquinas à Prefeitura local, o prefeito Augusto Ferraz e o secretário extraordinário Gilberto de Deus, também diretor-presidente do Instituto Municipal de Trânsito e Transportes de Iranduba (IMTTI), se dirigiram, na madrugada desta quinta-feira (1º), para o quilômetro 131 da Rodovia AM-010, onde a retroescavadeira fôra localizada inicialmente pela PC. Porém, a máquina não estava mais no mesmo lugar, segundo o prefeito. “De noite, eles tiraram e levaram para o km 31, no meio da mata, em um condomínio que está em formação”, contou.


𝗔𝗚𝗥𝗔𝗗𝗘𝗖𝗜𝗠𝗘𝗡𝗧𝗢 À 𝗣𝗖


Durante a entrevista, no “Garajão” da Prefeitura, o prefeito Augusto Ferraz agradeceu pelo empenho da Polícia Civil do Amazonas em ajudar a descobrir o paradeiro das máquinas (incluindo o trator D-6). Ferraz revelou que foram noites e dias em que investigadores ficaram “no encalço” das máquinas e acabaram por localizá-las.


“Há seis anos tinham furtado essa máquina, que é de propriedade do município de Iranduba, um patrimônio federal, cedido pelo INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). E, hoje, ela está aqui, retornando à casa, um patrimônio público, que serve muito para desenvolver o município de Iranduba”, declarou. 


𝗖𝗢𝗠𝗣𝗥𝗢𝗠𝗜𝗦𝗦𝗢


Nas palavras do prefeito, o compromisso da atual gestão “é defender, proteger, representar e desenvolver o município de Iranduba, através do nosso trabalho! Aqui está o nosso trabalho e o nosso compromisso com o município de Iranduba”, afirmou. 


𝗧𝗥𝗔𝗧𝗢𝗥 𝗗𝗘 𝗘𝗦𝗧𝗘𝗜𝗥𝗔𝗦


Ainda durante a entrevista, após trazer de volta a retroescavadeira de Rio Preto da Eva, Augusto Ferraz garantiu que o trator de esteiras D-6, o qual compõe a patrulha mecanizada destinada ao município em 2013 pelo Governo Federal, e que também sumiu, vai voltar.


“E vai vir o trator de esteiras também! A Polícia está atrás, está no encalço, e a gente já sabe quem negociou os tratores: a retroescavadeira e o trator de esteiras. Nós já estamos sabendo, e a Polícia está no encalço de todos eles. E não vamos parar por aí; nós vamos trabalhar para descobrir as falcatruas que tinham dentro do município de Iranduba”, finalizou.


Durante a entrevista, Augusto Ferraz estava acompanhado do vice-prefeito, Robson Adriel; do secretário municipal de indústria, comércio, turismo e desenvolvimento econômico, Moisés Lopes; do procurador geral do município, Almir Prestes, entre outros assessores.


𝗣𝗔𝗗


Segundo o procurador geral do município, Amir Prestes, a PGM, em conjunto com a Comissão que cuida de Processos Administrativos Disciplinares (PAD), está acompanhando as investigações policiais e apurando as responsabilidades pelo sumiço das máquinas de terraplanagem. Segundo Prestes, se houver o envolvimento de algum servidor público municipal efetivo, “nós iremos puni-lo, causando até mesmo uma demissão. Então, nós estaremos trabalhando para que aqueles malfeitores, aqueles que estão fazendo qualquer situação para ludibriar o povo e o patrimônio público, nós iremos responsabilizá-los!”, avisou. 


Contatos:


Prefeito Augusto Ferraz: 99128-5762;

Procurador geral do município, Almir Prestes: 99390-0547;

Ex-prefeito Xinaik Meeiros: 99272-7349;

Ex-prefeita Madalena de Jesus (“Madá): 99344-9166.




Por J. Ray

Fotos: Divulgação PMI


Nenhum comentário