últimas

Fraude na distribuição do Cartão Auxílio Enchente em Itacoatiara é apontada pelo Coordenador da Defesa Civil do município

O coordenador da Defesa Civil do município de Itacoatiara, Guilherme Almeida, preocupado com a falta de transparência e com a suspeita de mais um esquema de fraude na prefeitura de Itacoatiara, procurou o vereador Dr. Robson Siqueira (PV), para expor a real situação da distribuição do Cartão “Auxílio Enchente”, que estaria sendo entregue para pessoas não cadastradas pela Defesa Civil do município, mas para aquelas que constam no Cadastro Único e até pessoas já falecidas. 


Na “Live” realizada nas redes sociais do vereador, Guilherme Almeida chegou a afirmar que o recurso direcionado para ajudar pessoas em vulnerabilidade social sequer chegou às famílias que residem no alagado, cuja a maioria delas são de comunidades ribeirinhas. Além disso, não foi sequer utilizado o plano de contingência elaborado pela coordenadoria em conjunto com outras entidades responsáveis. Junto com o cartão quase 3 mil cestas básicas também foram distribuídas. 


“Infelizmente pessoas que estavam cadastradas não receberam o benefício e o que é pior, foram usados dados de pessoas falecidas e os comprovante de cadastro destas pessoas (2ª via) teriam sido jogadas no lixo. O sentimento é que fomos traídos, queríamos transparência. Se isso não tivesse acontecido não precisaria estar me expondo, estaria na minha casa com consciência tranquila”, desabafou Guilherme.


O vereador Dr. Robson Siqueira (PV) que intermediou a transmissão ao vivo em suas redes sociais, classificou a situação como ‘desumana’ e lembrou um dos seus discursos na tribuna da Câmara Municipal no qual havia alertado sobre o problema, uma vez que teria sido procurado por lideranças de comunidades que tinham o direito de serem contempladas e não foram. 

 

“É uma situação desumana, que fere as pessoas mais vulneráveis. Chega a doer e nos faz pensar até que ponto vai chegar o ser humano? Muitas das vezes isso acontece como modo de satisfazer o próprio ego, em minha opinião, não tem explicação”, ponderou. 


*PRIMEIRO EPISÓDIO*


Da Tribuna da Câmara Municipal de Itacoatiara, o vereador Dr. Robson Siqueira já havia manifestado preocupação com a forma de distribuição do cartão "Auxílio Enchente", isto porque, moradores das comunidades ribeirinhas como da Costa do Amazonas e do Rio Arari, relataram que pessoas residentes em terra firme estariam recebendo o benefício de maneira inapropriada. 


Diante desse fato, foi encaminhado um requerimento solicitando informações da Defesa Civil e da Secretaria de Assistência Social para saber qual procedimento é usado para captação de beneficiários e com isso dar mais transparência no processo.

Nenhum comentário