últimas

PESQUISA APONTA O CANDIDATO A VEREADOR ANDERSON SANTOS DO SOLIDARIEDADE EM 2° LUGAR COM MAIOR PRESENÇA DIGITAL NO FACEBOOK


 

 

 A Digital Performance, agência digital (IMARKETING),  realizou uma pesquisa de  01 à 25 de Outubro de 2020, com todos os candidatos a vereador de Manaus de cada partido.

 

 O candidato Anderson Santos, foi um dos destaques na pesquisa, sem impulsionar nenhuma de suas publicações, e não tem uma equipe de marketing, ele mesmo quem produz  seus flyers e edita seus vídeos pelo celular através de aplicativos gratuitos nos intervalos de cada reunião de campanha, realizadas nas comunidades de Manaus, o candidato deixa claro que é a favor de impulsionar publicações, porém não dispõe de recursos para isso, e que conta apenas com o apoio das pessoas que o seguem em suas redes sociais, diferente dos grandes políticos que pagam empresas de marketing, gastando valores altos para obter um resultado bom nas pesquisas.

 

 O partido do candidato é o SOLIDARIEDADE, Anderson empatou na pesquisa ficando em 2° Lugar em presença Digital no Facebook o que lhe causou grande surpresa por não ter impulsionado nenhuma publicação. "Fico feliz, é fruto de um trabalho realizado à 23 anos, vamos torcer que essas declarações de apoio se concretizem nas urnas, que seja feita a vontade de Deus. Estamos com os pés no chão e agradeço a Deus e aos amigos a todos momento".

 

  No TOP 3 do partido, o candidato Anderson Santos foi o 2º em números de comentários em seu FACEBOOK (169), com 21 postagens, 500 curtidas com 1.015 seguidores. Lembrando que a pesquisa não mede a intensão de votos, apenas dá um resultado para os candidatos de todos os partidos, sobre a popularidade nas redes sociais, no caso o FACEBOOK referente ao índice de números em curtidas, comentários e compartilhamentos.

 

  No total 1.410 candidatos a vereador na capital amazonense, 42% (598), possuem página no FACEBOOK; 28% (396) possui apenas p perfil pessoal; 23% (324) não foram encontrados, e 7% (92) dos concorrentes possuem uma página no FACEBOOK, porém com menos de 100 seguidores, o que impossibilitou serem analisados pela ferramenta.

 

Fonte e Foto: Divulgação

 

Nenhum comentário