últimas

Adjuto Afonso presta homenagem à professora que inovou metodologia de ensino em escola da capital


 

 

 

 A professora Lúcia Cristina Cortez de Barros Santos recebeu, nesta quinta-feira (29), a "Medalha do Mérito Educacional Professora Ignês de Vasconcelos Dias", concedida pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) a profissionais da educação que se destacam no exercício da profissão. A educadora foi a indicada do deputado Adjuto Afonso (PDT) pela trajetória de sucesso na área, seguida a partir de uma metodologia de ensino inovadora na escola em que trabalha.

 

 Para o parlamentar, a honraria é uma das mais simbólicas da Casa Legislativa, pois reconhece o trabalho dos profissionais da educação, que enfrentam desafios para execer o ofício da profissão. "É uma homenagem importante, principalmente pelo período em que estamos vivendo, atípico, em que os desafios dos educadores são ainda maiores. A minha homenageada é a professora Lúcia, que foi reconhecida, inclusive, nacionalmente, pelo seu trabalho. Isso estimula e incentiva outros profissionais a se engajarem ainda mais na causa". 

 

 A homenageada, professora Lúcia Santos, não escondeu a emoção e revelou que a honraria demonstra o reconhecimento dos parlamentares com a área educacional. "Sou professora há mais de 30 anos e hoje fui convidada pelo deputado Adjuto Afonso para receber essa homenagem. Me sinto muito honrada e feliz, é a primeira vez em todos esses anos na educação que venho até a Casa receber uma homenagem. Isso é muito importante para nós, profissionais da educação, essa valorização e reconhecimento, ao profissional da educação na escola. Então, só tenho a agradecer e parabenizar pela iniciativa da Assembleia e ao deputado."

 

 A professora, atualmente, dirige uma escola de Educação Integral e Transformadora: a Escola Municipal Professor Waldir Garcia, reconhecida, em 2017, como Escola Transformadora, à qual assumiu em 1995 pelo Processo Seletivo de Diretores (Prosed). A escola recebeu o prêmio Itaú em 2017, Prêmio Nestlé em 2020 e o Top 10 - Prêmio Educador Nota 10, no ano de 2020.

 

 A professora, atualmente, dirige uma escola de Educação Integral e Transformadora: a Escola Municipal Professor Waldir Garcia, reconhecida, em 2017, como Escola Transformadora, à qual assumiu em 1995 pelo Processo  Seletivo de Diretores (Prosed). A escola recebeu o prêmio Itaú em 2017, Prêmio Nestlé em 2020 e o Top 10 - Prêmio Educador Nota 10, no ano de 2020.

 

 Um de seus feitos enquanto gestora, foi mudar completamente a metodologia da escola em que trabalha, quando se deparou com uma evasão escolar significativa. Lúcia Santos implantou o projeto "Acolher para todos envolver e aprender", que atua na inclusão de alunos haitianos, venezuelanos, com deficiência e em situação de risco e que são parte da comunidade escolar, localizada no bairro São Geraldo, zona Centro Sul da capital.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Dep. Adjunto Afonso

Foto: Ney Xavier

 

Nenhum comentário