últimas

Coronavírus se propaga no interior do AM por viagens clandestinas

 Atualmente existem 1.190 pacientes positivos ao coronavírus no interior do estado, representando 30,3% do total de infectados no Amazonas

O Coronavírus têm se propagado por municípios do interior do Amazonas devido embarcações estarem realizando viagens clandestinas. Esta foi uma das afirmações de Rosemary Pinto, diretora-presidente da Fundação em Vigilância Sanitária (FVS-AM), no último dia 21 de abril.

“O que nós temos visto é que as pessoas tem burlado essa fiscalização. Não saem dos portos oficiais. Os barcos pegam passageiros em portos clandestinos, muitas vezes em outros municípios, em áreas rurais de outros municípios. No Amazonas, o vírus está se deslocando de barco. Infelizmente essa é a realidade”, enfatizou.

A partir disso, o reflexo da afirmativa aparece no último boletim epidemiológico da FVS-AM. De acordo com os novos dados, 47 municípios do interior tem casos confirmados de covid-19.

Atualmente existem 1.190 pacientes positivos ao coronavírus no interior do estado. Portanto, representa 30,3% do total de casos no Amazonas.


Barco apreendido em Tefé

No mesmo dia 21 de abril, a Policia Militar apreendeu um barco. Sobretudo que estava a caminho de Tefé. Este localizado a 523 quilômetro de Manaus.
Conforme a ação, a embarcação estava nas proximidades da Comunidade do Capivara e São Francisco. Sobretudo estava com excesso de cargas e passageiros. O dono e o comandante do barco foram detidos.
Atualmente Tefé conta com 22 infectados da doença.

Passageiros contaminados de Carauari

No dia 19 de março, data que passou a vigorar o decreto estadual de proibição de transporte de passageiros por embarcações, uma lancha a caminho de Carauari chegou no município com 30 passageiros infectados. O total eram de 40 pessoas na viagem.
A partir dessa ocorrência, a prefeitura municipal determinou a proibição da entrada na cidade. Mas o número de diagnosticados com o covid-19 já é de 66 no total.

*Com informações do Portal do Holanda e Em Tempo


Nenhum comentário